Page 7 - BRASIL site aeronautica brasil
P. 7

7


                     O cenário do site é plantado nos céus das três Américas, desde o início
                  do século XVII até o início da Segunda Guerra Mundial, em vinte e sete
                  países  da  América,  incluindo  Cuba  –  ilha  com  um  patrimônio  rico  e
                  importante da aviação.

                     A criação e o desenvolvimento dessas companhias aéreas foram muitas
                  vezes resultados de imperativos militares.

                   Os  tópicos  tratados  para  cada  país  estão  em  ordem  de  preferência  e
                  importância:  aeronaves,  pioneiros,  -  aviação  militar,  muitas  vezes
                  interagindo com a aviação comercial - indústria da aviação, correio aéreo,
                  selos  e,  para  finalizar,  as  primeiras  mulheres  pilotos  que  atualmente
                  representam apenas 6% dos pilotos.

                   O céu agora não tem sexo.


















                                                                 Ícaro e Dédalo.

                   A Europa e a América do Norte anunciam o tempo dos pioneiros e os
                  primórdios  dos  tempos  modernos  e  tanto  a  América  do  Sul  quanto  a
                  América Central entram nesse labirinto.

                  Nos  céus  de  Paris,  os  nomes  de  Pilâtre  de  Rozier  e  Marquês  de
                  Arlandes estão gravados para sempre.

                  Em  21  de  novembro  de  1783,  pela  primeira  vez,  esses  aeronautas
                  corajosos entraram na cesta de um balão.

                   Estes dois personagens serão decisivos para o futuro da conquista do
                  céu.

                  Partindo dos parques situados no 16 distrito situado na zona oeste de Paris
                  até o bairro de Buttes-aux-Cailles (no 13º distrito, sudeste da capital), o
                  voo durará cerca de vinte minutos.

                  Nas Américas, muitos navegadores franceses se destacam nas exibições
                  em  exposições  e  alguns  “balonistas”  estrangeiros  formam  parte  de
                  programas de circo acrobático.
   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12